quinta-feira, 22 de junho de 2017

CHAZEIRA // Será que a gente toma chá?

Eloína Telho
Colunista de Chá do Gastronomix

A gente nasce, cresce e se desenvolve tomando chá. É chá de camomila pra relaxar, chá de anis pra curar a gripe, chá de hibisco pra turbinar o regime...

Será que gente toma chá?
Se forem só esses aí de cima, não. 
Caaaaalma! Tá tudo certo! A gente também cresce chamando a mistura de um punhado de ervas com água quente de chá, eu sei. Mas o chá, tecnicamente falando, só é aquele que vem da Camellia Sinensis, uma árvore linda, normalmente mantida como arbusto, para facilitar colheita. 

Essa planta/árvore dá origem aos chás branco, verde, amarelo, oolong, preto e escuro (puehr, por exemplo), que podem ser degustados puros ou misturados a outras ervas, raízes ou frutas, em forma de blends bastante apreciados pelo paladar ocidental (chá preto com frutas vermelhas, por exemplo). Os orientais preferem os chás puros, que vão direto ao ponto e contam a que vieram, sem rodeios ou “frufrus”. 
Se as ervas que vão mergulhar nas águas quentes não tiverem o chá (folhinhas lindas da Camellia, nossa nova amiga, prazer!) como base, não tomamos chá. Para essa mistura, damos o nome de tisana ou infusão.

Então, para ficar claro: o chá vem só-somente-só da Camellia Sinensis. Ervas e água quente dão origem a tisana ou infusão. Todos têm propriedades incríveis, mas diferentes, que vamos tratar de forma mais aprofundada no decorrer dos dias, combinado?  
Na próxima semana, explicarei como uma mesma planta pode originar tantos chás tão diferentes (repare: o verde e o preto... É meio inacreditável pensar que vêm da mesma planta! Mas juro que vêm! E logo a gente vai ver porque são tão diferentes, ainda que vindos de um mesmo lugar).
Enquanto outra quinta não vem, prepare sua xícara favorita, de chá ou tisana, e me diga como é o seu momento mágico de degustação. Prefere se embebedar - de chá! Rs! - sozinho ou acompanhado? A que horas do dia? Com trilha sonora? Curiooooosa, mas é que amo saber de aventuras chazísticas...

Bom momento mágico e até semana que vem!

quarta-feira, 21 de junho de 2017

NOTÍCIAS // La Boulangerie agora também é bistrô

A La Boulangerie terá nova loja com conceito diferente: La Boulangerie Bistrôt, que funcionará no Casa Park. O cardápio foi desenvolvido entre uma parceria entre o chef boulanger Guillaume Pettigas e a chef Renata Carvalho, que comanda a cozinha dos restaurantes Loca Como Tu Madre e Ancho Bistrô de Fogo. Segundo o Petitgas, essa é uma grande oportunidade para expandir o público da padaria sem perder a qualidade dos alimentos oferecidos.

“ A La Boulangerie Bistrôt mantém a mesma linha que orienta o nosso trabalho há dez anos, frescor e qualidade da matéria prima e o máximo de produtores locais possível. O cardápio foi todo elaborado pela Renata mas conversamos bastante na fase de elaboração. As receitas foram muito inspiradas nas minhas lembranças de infância ao mesmo tempo que refletem bastante a personalidade da Renata”, explica.
A loja mais recente, aberta no Setor Sudoeste em abril, assim como as unidades da Asa Norte e do Lago Sul seguem o conceito “La Petite Boulangerie”: versões menores, com uma proposta mais dinâmica. E a novidade não para por aí: também em julho será integrado à unidade do Sudoeste o conceito de café, com a adição de mesas para o consumo dos produtos no local.

O projeto arquitetônico do bistrô foi desenvolvido pela Bloco Arquitetos.

La Boulangerie Bistrôt - Casa Park
SGCV Sul lote 22


terça-feira, 20 de junho de 2017

GRÃO DO DIA // Dicas para você conservar seu café

Alex Melo
Colunista de Café do Gastronomix

O café como qualquer produto orgânico e perecível, necessita de cuidados extra com o seu ciclo de vida útil. E para que a qualidade dos seus grãos seja mantida, o Grão Do Dia selecionou as melhores dicas para que você conserve seu café, mantendo o sabor e o aroma por muito mais tempo!

Lembrando que o café, como alimento, deve sempre ser consumido fresco. Isso é o ideal. A proximidade de consumo com a data de sua torra garante o frescor do café. Mas, caso isso não ocorra, e como muitas vezes adquirimos grãos de café que precisamos guardar o restante para os demais dias, iremos ajudá-los a conservar melhor os seus grãos.

Mas antes, iremos explicar a vocês quais os grandes inimigos do café.

# OS INIMIGOS DO CAFÉ
São 4 os piores inimigos do café: o ar, a umidade, o calor e a luz. Cada um destes fatores deve ser evitado, tanto na hora da compra como na hora de sua armazenagem. Isto porque estes 4 elementos interferem através de suas propriedades, contribuindo para a deterioração ainda mais rápida do seu café.

Bom, vamos agora às dicas de melhor conservação de seu café:

1. A ESCOLHA DOS POTES
Vale aqui ressaltar que as embalagens originais do café são especificamente concebidas para conservar todas as propriedades e qualidades do café até o momento de consumo, ok?

Depois de aberto, é sempre bom transportá-lo para um outro recipiente. Creio eu que você já tenha um pote de preferência que costuma guardar seu café. Mas observe uma coisa... os melhores potes para conservar o café depois de aberto são os de vidro, de cerâmica ou de metal. E outro ponto... desde que sejam hermeticamente fechados, com tampas herméticas.

O plástico também é uma opção válida desde que o recipiente seja, como já citado,  hermeticamente fechado. Ah, e armazenado num local escuro e fresco.

2. MANTER LONGE DA LUMINOSIDADE

Os grãos ou até mesmo o próprio pó do café necessitam ser armazenados em locais que não estejam expostos a luz. Então, a melhor maneira de conservá-lo é mantê-lo dentro do armário ou dispensa, de modo que ele também não fique próximo de produtos que tenham odores fortes, como outros alimentos ou materiais de limpeza. Evitar também fontes de calor como o fogão, forno e micro-ondas, assim como locais que são alvos de exposição solar direta.

Os melhores locais para guardar café são em espaços sem umidade, arejados e escuros, como em uma despensa ou armário.

3. ATENÇÃO AO GUARDÁ-LO NA GELADEIRA
A geladeira também é um dos lugares preferidos por algumas pessoas para se guardar os grãos de café (ou o café em pó). Ela consegue manter o café na temperatura adequada, aumentando seu ciclo de vida. Mas lembre-se, sempre em potes hermeticamente fechados para impedir a entrada da umidade externa.

E vale ainda ressaltar que, quando aberto, o café tem validade de até 15 dias, e caso ele for armazenado na geladeira, pode durar até 1 mês.

Obs.: Na hora de comprar um bom café de gôndolas de supermercado, verifique a data de validade e opte sempre por embalagens menores e que possuem selo de certificado da ABIC. Uma outra dica é verificar se o grão é 100% arábica.
YES!!! Agora seu café está protegido dos 4 inimigos: o ar, a umidade, o calor e a luz!
E será melhor conservado!

E você, já conferiu se o seu café está fechadinho do jeito certo? Que tal correr lá na sua despensa e conferir?
😊

Nos Sigam nas Redes Sociais

Grão Do Dia ☕  
- um pouco de café - um pouco de cor -
Instagram: @graododia (instagram.com/graododia)
Facebook: facebook.com/graododia
Site/blog: www.graododia.com 

quinta-feira, 15 de junho de 2017

CHAZEIRA // Vamos falar sobre chá?

A partir desta quinta, 15 de junho, a Chazeira estará aqui no Gastronomix dividindo seu amor e conhecimento pelo chá semanalmente. Eloína Telho é uma mulher intensa, estudiosa e devoradora de livros sobre o tema. Ela monta seus próprios blends de chás e estará aqui para falar deste universo tão extenso e pouco conhecido desta bebida milenar. Diferenciar chá de infusão, temperatura correta da água, uso de leite e outras dicas mais.  

Siga Eloína também no instagram @chazeira.
Eloína Telho
Colunista de Chá do Gastronomix

O chá, para mim, é amor. Repito isso o tempo todo porque é no que acredito. E quando falo de chá, só reafirmo os caminhos de afeto que percorri até chegar nesse estágio, de relacionamento sério e duradouro com a bebida.

Tudo começou com um exemplar de "Alice no País das Maravilhas", que ganhei quando criança de uma tia querida. Não parava de me imaginar Alice, naquela mesa louca, com um Chapeleiro Maluco. O chá era a poção mágica que coloria as páginas e aquecia a minha imaginação!
Já adolescente, escolhi a terra Natal de Alice, Oxford, como destino de intercâmbio. Em um lugar diferente, longe de pai e mãe, em busca de identidade, meu coração era aquecido por finais de tarde de chá preto com leite, de cuidado e atenção da minha "mãe inglesa", em conversas intermináveis e deliciosas.

Adulta, fui apresentada à Índia, por e com gente muito especial. Com os aromas daquele lugar impregnados em minha alma, mergulhei no Chai, descobri outro mundo, viagem sem volta. Comecei a buscar a origem dos chás e notar que se confundia com a origem das civilizações.

Percebi que o que chamo de "momento mágico" é, na verdade, um momento de amor
- próprio, de autoconhecimento, e a quem será servido (o que é mais nobre do que o ato de servir?). 

Descobri - e descubro, a cada dia! - um universo de informações, de novos sabores, diferentes serviços, de como escolher e chegar à xícara perfeita... E todas essas coisas jamais poderiam ficar apenas na minha cabeça.

Por isso, agora, em uma nova etapa dessa viagem ao mundo dos chás, aportei no Gastronomix. Convidada pelo carinho de Rodrigo Caetano, quero compartilhar com você esse amor, que começa numa paquerinha despretensiosa, mas tem tudo para virar casamento feliz.
O chá é a gente numa xícara, nossos gostos, preferências, nosso melhor pra nós mesmos, o melhor que temos a oferecer ao outro.


Vamos falar sobre chá?

terça-feira, 13 de junho de 2017

GRÃO DO DIA // 5 melhores cafés em São Paulo

A partir desta terça, 13 de junho, vocês terão um encontro semanal. Alex Melo, autor do site Grão do Dia, é o novo colunista de café do Gastronomix. Formado em Computação, Alex é louco por café. E faz do seu hobby um assunto bem sério. Já realizou alguns cursos (barista, preparos de café em casa,...) em São Paulo/SP, participou também de workshops sobre café e, a cada dia, descobre um sabor, um cheiro, uma nota ou uma alegria a mais a partir das experiências com esses pequenos grãos mundo afora!
Este fortalezense, morador de São Paulo, estará todas às terças aqui para contar pra vocês sobre novidades do café, dicas e outras coisinhas mais. Acompanhe no Gastronomix, no site e nas redes sociais do Grão do Dia.

Grão Do Dia   - um pouco de café - um pouco de cor -
Instagram: @graododia (instagram.com/graododia)
Facebook: facebook.com/graododia
Site/blog: www.graododia.com 
Alex Melo
Colunista de Café do Gastronomix

"Como todos já conhecem, São Paulo oferece diversas opções de Cafeterias, e muitas vezes fica difícil escolher ou decidir por uma em específico. Principalmente para quem está visitando a cidade e precisa de dicas mais precisas de melhores lugares para se tomar aquele cafezinho delicioso e que não pode faltar no seu dia, ou no seu roteiro de viagem.

Dessa forma, fiz uma seleção de alguns estabelecimentos que, além de oferecer pães, bolos, café da manhã, sucos, são conhecidos na cidade pelos cafés especiais, pelos ambientes descolados, super aconchegantes e criativos.

Conheça agora as 5 Cafeterias mais descoladas e com os cafés mais saborosos em São Paulo. Confira e aproveite!

1. Lemni - Vende-se tempo
Foto: Rui Nagae/Divulgação.

Já ouviu falar em 'anti-café'? Não é nada pejorativo, rs, calminha aí! O termo é inspirado em cafeterias de Moscou, que não cobram pelo consumo e sim pelo tempo que o visitante passa no local. Pois bem, o Lemni trabalha sim dessa forma, cobrando pelo tempo que você fica e não pelo seu consumo.

O lema do Lemni é: Nós vendemos tempo. O resto está incluso!

Confortável, descontraído e bastante tranquilo. E sem falar da lousa na entrada com a escrita de giz dando as boas vindas: "Vende-se tempo". Só por essa frase, percebe-se um lugar tem um café diferenciado e que agrada!

Lembrando que o acesso ao cardápio é ilimitado. Comidas e bebidas à vontade, além do uso da estrutura do local, com mesas, poltronas eWi-fi. Você inclusive pode levar sua própria comida e esquentar no microondas do espaço.

Ah, e você também pode se deparar com a gatinha Eva andando pelas mesas ou se entrelaçando em seus pés! Rs, ela mora no Lemni, e é bastante extrovertida e comunicativa!

Onde fica: R. Simão Álvares, 781 - Pinheiros.

2. Cafelito - Relax e Coworking
Foto: Gui Gomes/Folhapress 26/10/2016.
O Cafelito faz parte de um complexo com salas de coworking, uma filial da Livraria da Vila, academia de ioga e meditação, salas de massagem, e aulas de idiomas. Tem também um espaço com lanchinhos em potes no estilo 'to go', mas que você também pode consumir no espaço da cafeteria.

Eles possuem uma carta de cafés especiais e regionais do Brasil. De regiões como Sul de Minas, do Espírito Santo, da Bahia e até mesmo de São Paulo! Para todos eles, você escolhe seu método de preparo favorito, podendo ser do tipo espresso (meu preferido), coado com o Hario v60, aeropress (meu segundo preferido) ou na french press! Aí fica à gosto do freguês!

Além dos cafés especiais, tem também opções de chás orgânicos, bebidas com café e alguns deliciosos acompanhamentos, como pães de queijo e bolos variados. Ah, e você também tem a opção de lojinha para levar seu grão especial para casa!

Onde fica: R. Francisco Leitão, 266 - Pinheiros.

3. Coffee Lab - Laboratório de sabores
O Coffee Lab, famosa escola de baristas, laboratório e uma cafeteria especial. Cafeteria criada por Isabela Raposeiras, o local é especialista em torra, degustação e preparo de cafés de qualidade, focado em micro lotes com responsabilidade eco-social. O Coffee Lab já é considerado uma das melhores cafeterias do mundo, com diversos prêmios recebidos.

O espaço é uma delícia, e garanto, te trás experiências sensoriais únicas. É realmente uma passagem obrigatória para os amantes e apaixonados por café, como nós!

Há diversos cursos disponíveis, que vão desde cursos técnicos até cursos educativos. Dentre eles, cursos de baristas para todos os níveis, torra de grãos, preparo de drinks com café, preparos de cafés de qualidade, etc. É realmente uma escola no universo cafeeiro!

Há uma torneira com água potável grátis para todos. E lá, seu animalzinho de estimação é super bem vindo!

Onde fica: R. Fradique Coutinho, 1340 - Pinheiros. 

4. Torra Clara - Melhor cafezinho com pão de queijo 
Espresso, coado (Hario v60), Aeropress, Cappuccino, Chocolate Quente, Milkshakes de café, pães de queijo, salgadinhos e cookies em mesinhas ou balcão, com clima intimista, ambiente descolado e super acolhedor. Estamos falando do Torra Clara!

A cafeteria tem também lojinha com opções de cafeteiras Aeropress, Bialettis, Harios V60, além de grãos para você que quer fazer o seu próprio cafezinho e casa!

A variedade de bebidas é grande e as comidinhas estão sempre deliciosas. Os atendentes sempre são muito atenciosos e simpáticos.
Não deixe de experimentar: o cookie de chocolate belga.

Onde fica:  Rua Oscar Freire, 2286 - Pinheiros. 


5. Sofá Café - Estilo e variedade
Uma charmosa opção de cafeteria em Pinheiros, o Sofá Café, café moderninho de dois andares com móveis variados e ambiente colorido. Próxima do agito da movimentada Av. Brigadeiro Faria Lima, o Sofá, do proprietário Diego Gonzales, é um oásis de calmaria com sofás confortáveis. No andar de cima há uma arejada sala ótima para reuniões informais.

A rede já conta com 4 filiais abertas no Brasil, e uma outra na cidade americana de Boston. O sucesso é grande e a marca e nome só crescem, para nossa alegria.

Para comer? Além da grande variedade de bebidas com café e sanduíches, o menu possui opções light, como iogurte com granola e mel, ou a vitamina de café – um smoothie de café da manhã com banana, iogurte, mel, canela e café.

O ambiente é bem acolhedor, criativo e despojado! Cheio de estilo! Lembrando que o Sofá Café é parada para HH, almoços e lanches da tarde.

Onde fica: R. Bianchi Bertoldi, 130 - Pinheiros.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

NOTÍCIAS // Saveur Bistrot: nova opção francesa

Com menu degustação a R$ 119,00, o Saveur Bistrot é uma das mais novas casas da capital. Com espaço para 40 pessoas, o local abriga as criações do chef Thiago Paraiso, que trabalhou em restaurantes na Suíça. Aberto de quarta a sábado, a reserva por telefone é obrigatória.

Entre os pratos de destaque, estão as coxas de rã sobre mousseline de batata e tomate seco, a costela de javali ao molho de jabuticaba, risoto de queijo coalho e banana crocante e o brownie de chocolate, com crispy de Oreo, gelato Lo Voglio de doce de leite e Baileys e calda de chocolate.




SMDB Conjunto 10 lote 1
Telefone: (61) 99116-3211


quarta-feira, 7 de junho de 2017

NOTÍCIAS // Preparem as taças...vem aí o Brinda Brasil


Em sua sétima edição, o Brinda Brasil – Salão do Espumante Brasileiro será realizado nos dias 28 e 29 de junho, no Brasília Palace Hotel. Com formato de degustação de todos os rótulos expostos, o público terá a oportunidade de conhecer e adquirir a excelência da produção nacional, tanto para consumo próprio como para eventos.Nos anos anteriores, o Brinda Brasil acumulou um público superior a 11 mil pessoas, a participação de 53 vinícolas e o envolvimento de 242 empresas.

4.536 garrafas foram abertas
68.046 taças foram servidas
R$ 5 milhões foram negociados

Brinda Brasil
Salão do Espumante Brasileiro
Dias 28 e 29 de junho - Das 18 às 22 horas
Ingressos à venda pela bilheteria digital: www.bilheteriadigital.com/brinda-brasil-2017-28-de-junho