sábado, 30 de maio de 2009

GASTRONOMIX // O galeto e o seu molho


Todos brincam dizendo que galeto é coisa de pobre. Puro preconceito. Adoro galeto e, em gastronomia, existe o que é bem feito, independentemente dos ingredientes usados. Vide o que a chef Roberta Subbrack faz com chuchu ou quiabo. Sem contar os restaurantes mais modernosos em São Paulo, que colocam “as televisões de cachorro” para seduzir o cliente com aquele cheirinho.

Pois bem, adoro um lugar aqui em Brasília chamado Grelha Galeteria. O ambiente é bem simples. Mas, quase sempre, está com seus lugares ocupados. Vale a pena esperar. O galeto de lá é sensacional. Vem em pedaços e tem um tempero que ainda vou descobrir para passar para vocês. É uma delícia.

Os garçons, a maioria de gaúchos (deduzo pelo sotaque), repõem com agilidade tudo o que é servido. Com isso, os galetos chegam à mesa bem quentinhos. E se esfriar, peça para trocar. Nessa espécie de rodízio (cerca de R$ 18 por pessoa), há os acompanhamentos: salada, macarrão (daqueles bem caseiros), arroz de carreteiro, polenta frita e maionese. Você come quantas vezes quiser. Ou aguentar.





Quem mora em Brasília e já foi no lugar, diz aí, não é verdade?

Grelha Galeteria
QMSW 6, sem número, bloco G, loja 4
Sudoeste - Brasília
Telefone: (61) 3344 0505

Um comentário:

otavioafm disse...

muito bom mesmo. recomendo. list on foursquare!