quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

GASTRONOMIX // A estreia do wok

Ganhei uma peça de Natal. Quando desembrulhei aquela caixa nem imaginava que estava ali meu sonho de consumo: uma panela wok. Nossa, era muito alegria. Aquele anjinho esmaltado de dourado. E era de uma linha, super design. Pensei: vou fazer muitas experiências nessa redondinha de 32 cm de diâmetro. Principalmente, iguarias da culinária asiática (que amo). Mais diretamente, da gastronomia tailandesa.

Bom, eis que chegou o grande dia (3 de fevereiro). A estreia do wok necessitava de um receita especial, daquelas que nunca fiz e que me desafiam para eu poder criar e combinar ingredientes corretos. Pensei em algo leve, mas picante. Um prato que tivesse um azedinho contrastando com o doce.

Reuni aqui na minha casa, em Brasília, três amigos muito queridos e fui à luta. Comprei abobrinhas (parece fixação – ver post abaixo), cenouras, castanha de caju, pimenta dedo de moça, cogumelos Shimeji, cebolas. Os outros ingredientes já estavam em casa. Não se assuste com a lista.

Wok thai de peixe e vegetais com castanha de caju


Ingredientes
- 4 a 6 postas de Dourada (peixe)
- 2 cebolas
- 3 cenouras médias
- 3 abobrinhas
- 1 bandeja (250g) de cogumelos Shimeji
- 3 a 4 colheres de sopa de açúcar mascavo
- 2 pimentas dedo de moça
- 2 colheres de sopa de vinagre de arroz
- 4 colheres de sopa de molho de soja (shoyu)
- 4 colheres de sopa de óleo vegetal ou óleo de amendoim
- 150 g de castanha de caju
- azeite aromatizado de pimenta
- coentro a gosto
- sal

Preparo
Toda a higiene (lavagem) dos alimentos tem de ser feita antes de começar o preparo do prato. Depois, comece a execução. Numa panela wok ou em uma frigideira grande, coloque o óleo vegetal e deixe esquentar por 4 minutos. Se você tiver em casa, vale a pena acrescentar um fio de azeite de pimenta. Dá um sabor especial.

Adicione as duas cebolas (previamente cortadas em cubos) até que elas fiquem transparentes. Distribua pela wok, as postas de Dourada e mexa devagar para os temperos irem cozinhando com o peixe e para não desmanchá-lo. Insira as cenouras cortadas em rodelas finas e misture por 3 minutos. Em seguida, vêm as abobrinhas, também cortada em rodelas, os cogumelos do tipo Shimeji, as duas pimentas dedo de moça (cortadas em quadradinhos bem fininhos), coentro cortado bem pequeno e um pouquinho de sal (não coloque muito, pois depois entra o molho de soja que já é salgado).

Misture bem, salteando tudo. É a hora de deixar o prato um pouco azedinho colocando o vinagre de arroz. É claro que sempre você deve ir experimentando para corrigir o sabor. Entra aqui também o molho de soja (shoyu). E por último, uma “farinhada” de açúcar mascavo para quebrar o azedume deixado pelo vinagre. Acredite, uma combinação perfeita para o paladar. Deixe os ingredientes curtirem um pouco nesse molho que vai se formar. Experimente de novo e veja se está precisando de algumas correção.

Pouco antes de você servir a porção no prato, coloque as castanhas de caju e mexa para que elas interajam com a combinação. Sirva imediatamente.

Rendimento
4 a 5 porções

Para acompanhar essa riqueza de sabores, nada como fazer um arroz tailandês (mais conhecido como Jasmine, encontrado facilmente em supermercados). Esse grão é neutro e ajuda a equilibrar o paladar. Coloque o arroz numa tigela. Para enfeitar, salpique gergelim preto e coentro.

Uma dica de bebida, para harmonizar o prato, é o vinho branco ou espumante. Ambos servidos estupidamente gelados. Bom apetite oriental!!!

Um comentário:

Pablo disse...

Esse meu amigo realmente eh fera! O cara faz de tudo! Bem, sem sacanagens... Rodrigo, quero um prato com o meu nome tbm! uauauhauhauhuauauha
Sucesso nessa mais nova empreitada. Com certeza, uma das mais saborosas.