quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

GASTRONOMIX // No dia em que ouvi muitas abobrinhas

Depois de um dia estressante de trabalho (terça - 27/01), nada como encarar minha cozinha e fazer uma receita criada com ingredientes frescos. Fui direto ao Oba – mini-mercado do Sudoeste (bairro em Brasília) perto de casa –, comprei abobrinhas italianas, uma bandeja de cogumelos Shimeji e outra de tomate cereja.

Pensei: essa combinação vai dar certo. Lembrei que tinha em casa um pedaço de queijo Grana Padano (típico italiano, duro, elaborado com leite cru de vaca). Pronto!!! O molho para a massa que tinha em casa já estava decidido. Fui para casa, abri um vinho tinto e mãos à obra. Lava de cá, corta dali e vamos à receita.

Bavete Lambert (depois explico o porquê do nome)



Ingredientes
- 300 g de macarrão bavete (mas pode ser substituído por outra massa)
- azeite aromatizado de limão
- 2 hastes de alecrim
- 3 abobrinhas italianas
- 200g de cogumelo Shimeji
- 200 g de tomates cerejas
- 3 ramos de coentro (opcional)
- 200 ml de creme de leite
- 250g de queijo Grana Padano
- 1 limão
- dois dentes de alho
- sal e pimenta

Preparo

Primeiro, lave as abobrinhas, os cogumelos Shimejis e os tomates cerejas. Corte as abobrinhas em cubos médios, as bases dos Shimejis (onde os talos ficam unidos) e os tomates ao meio. Numa frigideira quente, despeje fios de azeite de limão, gire a panela para que o óleo circule por ela inteira. Acrescente os dentes de alho fatiados ou triturados, metade de um ramo de alecrim e a outra metade destrinchada, sal e pimenta moída na hora a gosto.

Coloque as abobrinhas e vá salteando até elas irem amolecendo. Depois, acrescente os cogumelos Shimejis, os tomates cerejas e, por último, dois ramos de coentro picado bem fininho. Como eles têm pontos de cozimento diferentes, é necessário seguir essa ordem. Coloque mais fios de azeites por cima e destrinche mais outro ramo de alecrim e misture os ingredientes. Prove para ir regulando o sal e a pimenta.

O molho é bem simples. Em uma panela menor, coloque uma caixinha de creme de leite e deixe aquecer. Desfarele cerca de 200g de queijo Grana Padano em pequenos pedaços e quando estiver fervendo, acrescente um pouco de sal, pimenta, suco de metade de um limão e raspas da casca do limão. Misture e deixe apurar um pouco para pegar o sabor.

Ainda na frigideira, acrescente o molho e misture. Paralelo ao preparo do molho à base de queijo e das abobrinhas, Shimeji e tomate cereja, prepare o bavete. Escorra a massa e ainda quente misture tudo em um recipiente.

Agora, é só servir. Ajeite nos pratos, enfeite com o resto do coentro e alecrim. E bom apetite!

Rendimento: 3 a 4 porções

Bom, futuramente, penso em até abrir um espaço para reunir amigos e colocar alguns desses pratos criados em um cardápio. E, quando isso acontecer, pretendo colocar o nome de amigos nessas criações associando à personalidade ou a alguma característica da pessoa. Ao elaborar a receita de cima, lembrei da jornalista Priscila Lambert, vegetariana não de batismo, mas que não come carne faz bons anos. Então, está aí o Bavete Lambert. Apreciem, pois vale a pena...




3 comentários:

Rosane Garcia disse...

Magnânimo! Você é mesmo um espetáculo. Talentoso e elegante. Chega de desfiar suas virtudes. Seu blog está muito legal. Melhor que isso: observei que você faz referências a Brasília, cidade que amo de paixão, o que dá um tempero todo especial ao texto e o deixa com um sabor inigualável, tal como a nossa cidade, única no mundo.
Felicidades e um grande beijo no coração,
Rosane

Anônimo disse...

Rodrigo, PARABÉNS!!!!!
O blog está super bacana. Os seus textos estão ótimos, a leitura super agradável....to adorando.
bjos
Stella Máris

Mefisto disse...

Hum...devidamente registrado!