quinta-feira, 3 de junho de 2010

GASTRONOMIX // Muito mais do que chocolate...

Quando estava de partida para Itália, consultei um amigo que tinha acabado de voltar de Roma, onde havia morado por três anos. Queria lugares onde italianos freqüentam, sem aquele oba-oba turístico. Saulo Ceolin me deu dicas incríveis. A melhor de todas, sem pestanejar, foi o B-Said. Uma antiga fábrica de chocolate em funcionamento desde 1923, que virou um restaurante muito agradável e de gastronomia elegante.

O local, onde está a loja de chocolate e o restaurante, era realmente uma fábrica. E os donos aproveitaram este ambiente e suas peças antigas para usarem na decoração. Nada mais comfort do que isso. O B-Said fica na Via Tiburtina e chega-se até o local em si andando por um corredor onde há uma placa em neon. É fácil de achar.

Para chegar ao restaurante, é obrigatória a passagem pela loja de chocolates.
Ainda bem. Olha isso...

Já abre o apetite de cara e você fica com vontade de pular logo para sobremesa.
Mantive a calma.

A área gastronômica tem quatro ambientes – um salão principal, um médio e um menor com uma mesa grande. A outra área tem um clima mais intimista com vidros, plantas e iluminação diferenciada. Fiquei no salão principal. Esperei, por sorte, apenas 20 minutos. Fui sem fazer reserva.


Antes de sentar, rodei um pouco embevecido. Tudo muito simples e charmoso. Um exemplo disso: em uma das paredes, forminhas de chocolate formam um mosaico prateado. O teto foi mantido e ficou com cara de fábrica, com canos à mostra, bem pintadinho. Em alguns cantos, maquinário e equipamentos antigos para fazer chocolate.

Ainda há um balcão onde se prepara as sobremesas. É quase de enlouquecer um cidadão não-chocólatra como eu. Agora, imagine um chocodoido. Tem de amarrar!

A comida estava deliciosa. Pratos bem servidos e com atendimento rápido.

Pão feita na casa (2,5 euros)
Servidos em formas de prata em formato de ovo de páscoa. Crocantes. Caiu bem com uma mistura de azeite, sal e pimenta de moer que fiz na hora

Carpaccio di manzo e insalata de puntarelle (13 euros)
Carpaccio de carne bovina com folhas. Acompanhou a cesta de pães temperados

Guancia di Vitello (16 euros)
Bochecha de boi com gotas de chocolate. Carne macia com purê, sorbet e chocolate. Aquela mistura fusion que adoro, sabor agridoce

Tagliata di manzo Danese al sale Nero e carciofi (17 euros)
De boi com sal negro e alcachofra. Delícia.

Fantasia di Cioccolato (10 euros)
Brownie, tortas, mufins, frutas, chocolate puro derretido

Montepulciano Torre dei Beato (20 euros)

Com água e café, a conta deu 85 euros. Valeu cada centavo investido. Pena que as reservas para almoço de domingo já estavam lotadas na noite de sábado. Senão, teríamos voltado lá para experimentar outros itens do cardápio. O prato mais caro custa 18 euros e há cinco opções de entrada, seis de primeiro prato, cinco de segundo e a sobremesa campeã com um mix de tudo um pouco.

Quando estiver em Roma, não deixe de ir ao B-Said. Quantas vezes for possível!

B-Said – Antica Fabrica Del Cioccolato
Via Tiburtina 135
Roma - Itália
Telefone: (+39) 06 4469204
Site:
www.said.it
E-mail:
said@said.it

3 comentários:

Thais Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thais Costa disse...

Muito bom o seu blog. Já recomendei no meu site. Visite o meu: dicasdathais.com.br
Abraços.

Carolina Jorge disse...

Oi, Rodrigo! Seu site me foi indicado pela Valéria. Estudo gastronomia na França e em breve pretendo visitar a Italia. Levarei suas dicas comigo. Parabéns pelo blog! Aqui vai o meu:
http://diariodeumacordonbleu.blogspot.com/
Abraços!