terça-feira, 16 de junho de 2009

GASTRONOMIX // Risoto amarelo com camarões


Estava inspirado no dia. Claro, o prato foi concebido e feito para o Dia dos Namorados. Botei o nome de Risoto Van Gogh, uma referência ao amarelo dos clássicos girassóis do pintor holandês.

Uma vez, estava no Rio de Janeiro, na Praia de Ipanema, quando experimentei uma caipiroska de frutas amarelas. Fiquei com aquela idéia na cabeça, pensando em que poderia adaptar aquela mistura para a gastronomia. Na sexta passada, quando corria na esteira da academia, entre uma respirada e outra, veio a idéia: Eureka!

Pensei: vou fazer um risoto de frutas amarelas e camarões. Em casa, cheguei até a pesquisar na internet para ver se havia lago parecido, mas, para minha infelicidade ou para meu desafio, não havia. Chega de blá-blá-blá e vamos à receita. Asseguro, ficou uma delícia e é super leve!

Risoto Van Gogh - com frutas amarelas (manga, maracujá e abacaxi) e camarões

Ingredientes
- 400 g de arroz arbório
- 400 g de camarões sem casca e com rabo
- ½ cebola picada
- 2 caldos de legumes
- 1 manga
- 5 fatias de abacaxi
- 1 maracujá
- Gomos de 1 tangerina
- 100 ml de aceto balsâmico com mel
- 150 g de queijo parmesão
- molho teriaki
- azeite de mandarina
- azeite e sal

Preparo
Antes de começar a fazer o risoto em si, vamos aos preparativos. Dissolva os dois tabletes de caldo de legumes em leiteira e deixe a mistura ferver. Outro procedimento importante é fazer o que chamei de concentrado de frutas amarelas. Coloque e bata no liquidificador o líquido do maracujá com semente e tudo (reserve um pouquinho para depois decorar o prato pingando), as fatias de mangas (reserve umas duas, corte em cubinhos para decorar) e as rodelas de abacaxi. Acrescente dois dedos de água. Depois, coe o líquido amarelo e deixe-o em uma vasilha.

Corte os camarões (reserve quatro para decoração por parto) e passe-os em uma frigideira quente com azeite e um pouquinho do concentrado amarelo. Usei um azeite especial que tenho em casa de gengibre e limão. Mas pode ser um extra virgem bom.

Em outra panela, coloque um pouco de azeite, espere esquentar e acrescente a cebola picada. Misture bem. Adicione três pitadas de sal. Em seguida, acrescente o arroz arbório e mexa para que o grão pegue um pouco do sabor da cebola, azeite e sal.

Ao poucos, vá colocando o caldo de legumes e mexendo. Malhando o braço para que o risoto fique no ponto. Quando for colocar o caldo também vá despejando um pouco do concentrado amarelo. Siga esse processo, com o caldo e o concentrado, até o risoto ficar de al dente para bem cozido. Assim, o arroz vai ficando mais inchado e amarelo, ganhando um toque frutado do mix de frutas

Experimente e veja como está de sal. Caso necessário, coloque mais um pouco. Só tome cuidado porque, na última etapa, quando o risoto estiver no ponto, acrescentamos o queijo parmesão (que já é salgado). Adicione os camarões, mexa bem a panela. Depois, o queijo. Mais uma mexida e pronto. Hora de montar e curtir.

Montagem
Coloque um aro de metal, coloque o risoto ali dentro. Em cima do arroz, bote as mangas e abacaxis picados e um camarão. Ao redor do prato, intercale três camarões e três tangerinas que foram passadas em redução de aceto balsâmico com mel. Pingue algumas gotinhas de maracujá e molho teriaki. Para finalizar, um fio de azeite de mandarina (para quem tiver em casa).
Bom apetite!!!

6 comentários:

Déia Barros disse...

Oi Rodrigo, a idéia do amarelo foi ótima, deve ficar delicioso, mais ainda se você substituir os tabletes (cheios de sódio e gosto de metal) por um bom caldo de legumes. Em 20 minutos vc o faz com cenouras, cebolas e salsão picados grosseiramente. Coe e reserve. Se sobrar, congele para os próximos. Teste e sinta a diferença!!

Anônimo disse...

Putz! Que prato da cara boa!

Cecília disse...

Quem namora com você tem muita sorte!

Márcia disse...

Rodrigo você arrasou. O prato ficou lindo e tenho certeza que o sabor ainda mais. Parabéns. Vamos combinar um dia em cozinharmos juntos. Beijos Márcia Costa.
Ps: Você viu a palhaçada que o STF fez conosco - os Jornalistas. Sem comentários!!!

Anônimo disse...

Senado, STF, Câmara... realmente estamos bem representados no Brasil. O jeito é comer pra esquecer!

cibelle disse...

Nossa, esse prato deu água na boca!