quinta-feira, 19 de março de 2009

GASTRONOMIX // Zahle: um bom árabe em Brasília


Estive duas vezes no restaurante Zahle na busca por novidades e novas degustações para apresentar aqui no Gastronomix. Na primeira vez, comi o buffet completo e, na segunda, os sanduíches da casa. As experiências foram muito boas, tanto pelo sabor da comida, qualidade e variedade de opções quanto pelo atendimento atencioso.

Com quase seis meses de vida, o Zahle está localizado numa quadra com ampla variedade gastronômica: a 209/210 Sul. Lá tem o quinhão da chef Mara Alcamim (Zuu, Universal e Quitinete), o baiano Ilê, o Crep au Chocolat, o Marieta, a pizzaria San Marino, a Rio Sucos e os bares Chiquita Bacana e Concentração. É praticamente a “Rua dos Restaurantes II – a missão”. O Zahle é uma boa opção nesse cardápio variado.

No buffet – servido no almoço (de 12h a 15h) e no jantar (de 19h ao último cliente) –, há uma grande quantidade de opções. Destaque para as kaftas, os quibes e as esfiras que são servidas quentinhas, recém-tiradas de um forno a mostra no restaurante. O sabor da kafta, em particular, é sensacional. A melhor que já comi. Além disso, são servidas as tradicionais pastas árabes com grão de bico, berinjela, coalhada e quibe cru, ideais para comer com o pão sírio igualmente quente.

O carneiro é a vedete da parte de pratos quentes. Ele é feito com molho de canela, bem afrodisíaco. Quem desejar pode colocar uma colherada de geléia de pimenta, menta ou de gengibre. O custo do buffet em ambos horários é de R$ 43,00. Pode até parecer um pouco caro, mas vá pra lá com fome. Você sairá satisfeito. Para quem tiver fôlego, o restaurante ainda serve um buffet de doces árabes (R$ 7,00).

Na segunda vez, como fui com mais dois amigos, pedimos:

Sanduíche de Linguiça de Cordeiro (R$ 14,00)

Kafta de Peixe com batatas amassadas (R$ 14,50)

Kafta de cordeiro (R$ 14,00)

Experimentei todos os pratos. O meu, kafta de cordeiro, estava com o melhor paladar. A única reclamação foi que as batatas amassadas do prato da kafta foram esquecidas quando a comida veio à mesa e só chegaram após o término do prato. O garçom se desculpou pelo erro.

Mjadara (arroz com lentinha) e Charuto de Repolho

Chicbarak (massa recheada com coalhada)

Abobrinha recheada

Cordeiro ao molho de canela


Bourghol (Trigo com grão de bico) e Lubie (Vagem)

No segundo piso, fica o empório com alguns produtos árabes, frios, pastas e ingredientes da cozinha libanesa. Vale a pena conferir
Zahle – Restaurante e Empório Libanês
210 Sul bloco C lojas 12/30
Asa Sul - Brasília
Telefone: (61) 3244 9655
www.zahlerestaurante.com.br

Um comentário:

Mariomar disse...

Rodrigo, parabéns!!! Sugestão maravilhosa e saborosa...Adorei o dinamismo do blog. Mariomar Teixeira