terça-feira, 18 de janeiro de 2011

GASTRONOMIX // O delicioso chocolate com K


Digamos que não sou daqueles que as pessoas chamam de chocólatra. Como, mas passo longas temporadas sem colocar nadinha de chocolate na boca. Para muitos, isso soa como infelicidade. O problema é que estou me viciando em chocolates da Kaebisch, o que pode fazer todo esse discurso da linha de cima cair por terra.

A culpada é a chef Anna Kaebisch, chocólatra declarada. Descendente de alemães, ela aprendeu a mexer com chocolate com a mãe e largou tudo para se dedicar ao cacau, fazendo cursos em São Paulo e na Bélgica. Esse é um dos segredos da qualidade da Kaebisch. Os chocolates são fabricados em Brasília, mas com a matéria-prima é belga – base do sabor.

O processo artesanal de fabricação desafia os relojoeiros mais experimentados. É meticuloso, tem ponto e consistência exata. Ainda mais quando a chef resolve aplicar dos seus truques mágicos naqueles quadradinhos, bolinhas, barrinhas... enfim, em dezenas de formatos.

As combinações garfam as pessoas pelo visual e pelo paladar. Da fábrica saem preciosidades como trufas de gianduia, chocolate amargo, ao leite até sabores e combinações inusitadas como flor de laranjeira, caipiroska ou manjericão. Quem quiser ainda pode levar para casa pequenas porções – a preços não tão convidativos, mas justificáveis – para degustar com um café bem tirado.

Aliás, a loja também oferece cafés, chocolates quentes e tortas doces. O mais bacana é se permitir entrar neste mundo do chocolate, muito parecido com o do vinho. Há alternância de sabor e de preço pela qualidade e origem do produto e pelo percentual do cacau. Por exemplo: Java (32,9%) e Arriba (39%) para quem não os curte tão amargos.

Será que estou virando chocólatra comendo “os kaebischs” uma vez por semana?

Kaebisch Schokoladen
CLSW 103 bloco C loja 64
Sudoeste – Brasília
Telefone: (61) 3344 6298

CLN 213 bloco B loja 8
Asa Norte - Brasília
Telefone: (61) 3340 6301

Site:
http://www.kaebischschokoladen.com.br/

3 comentários:

r! disse...

Já experimentei todos e esse é o melhor de Brasília. Não faz feio frente a muitos belgas de nascença.

Daniel disse...

Concordo: é o melhor de Brasília! E a boa notícia pra mim, que sou alérgico: os chocalates de lá não têm corantes nem conservantes!

Paulo Mesquita disse...

é fato. é o melhor de brasília. não dá pra passar na porta e não entrar nem que seja pra comprar um bombonzinho só, que seja.